Jornal de outubro de 2021

Estas últimas semanas têm sido bastante atarefadas. Depois do retiro bem sucedido, temos estado
A casa está cheia para o mês de outubro. O tempo permite mais e mais horas de trabalho no jardim, embora as noites sejam visivelmente mais curtas, pois o sol põe-se mais cedo. Ainda conseguimos jantar no exterior, a temperatura é bastante agradável e ainda não tivemos muito vento. Em breve teremos de nos mudar para o interior e estamos a pensar em criar um espaço agradável para o efeito, que possa ser aquecido durante os meses de inverno.

Em geral, os residentes e os nossos hóspedes sentem que o tempo passa depressa aqui em Nijar. Há sempre muito para fazer e, mais do que ocasionalmente, há uma situação inesperada que tem de ser resolvida. Isto obriga-nos a ser flexíveis no nosso planeamento e cria momentos de excitação e a necessidade de sintonizarmos uns com os outros e com uma "outra coisa", de forma a apoiar tudo o que está a acontecer. Viver neste ambiente dá a cada um de nós a oportunidade de praticar o reconhecimento pacífico e de encontrar uma forma de criar harmoniosamente um lugar de beleza para todos.

O jardim do Asharum Nijar: Regresso às raízes

Nas últimas semanas, temos comido mais da horta, pois as beringelas, as abóboras e os pimentos estão prontos a comer. Também muitas das ervas aromáticas como o tomilho, a sálvia, o manjericão e a hortelã estão a crescer muito abundantemente, o que dá um chá saboroso e molho para massas. Os tomates são bastante difíceis de cultivar nas condições actuais e a maioria deles deu apenas alguns frutos pouco suculentos. Estamos a cuidar dos legumes recentemente plantados e estamos a preparar-nos para plantar mais alguns este mês.

Em setembro, conseguimos plantar cerca de 12 novas árvores e algumas plantas com flores para realçar a beleza do jardim. Para além de algumas árvores de fruto, como a goiabeira, a toranja e o pistácio, também plantámos algumas árvores que dão sombra, como a Pauwlonia Imperial e a Phytolacca dioica, que podem crescer até 15 metros! Estamos a planear comprar mais algumas palmeiras e amoreiras nas próximas semanas.

A maior parte das outras árvores que plantámos no ano passado estão a sair-se bem. Fizemos algum chá de composto, que é um processo muito interessante que envolve bolhas e rocha fosfática. O chá de composto é feito como um chá verdadeiro, mas a partir de composto, com a ideia de fazer crescer mais bactérias e fungos benéficos no chá, que pode ser pulverizado nas folhas e nas raízes das plantas. Isto criará uma camada de bactérias e fungos "bons" à volta das plantas, para que estas sejam mais capazes de resistir às criaturas menos benéficas que as rodeiam. Também estimula o crescimento das raízes e a capacidade da planta para extrair os nutrientes do solo.

Betão, areia e pedras

Com a ajuda de alguns hóspedes, começámos a construir paredes e escadas com pedras e cimento. Também as paredes mais antigas precisam de muitas reparações, o que será um trabalho contínuo durante o inverno. Também temos alguns trabalhos a fazer em alguns dos caminhos, que agora são um pouco difíceis de percorrer. E queremos construir alguns muros à volta da propriedade para reduzir o impacto do vento e criar uma atmosfera íntima.

Como gostamos de receber mais pessoas, temos estado a estudar formas de aumentar mais rapidamente o número de quartos de hóspedes. Criámos um novo espaço na garagem, onde agora fazemos as nossas meditações diárias. A antiga sala de jantar / sala de meditação está a ser transformada num quarto de hóspedes. Para isso, precisámos de criar uma entrada extra, o que resultou na remoção da porta da Maria e na criação de um pequeno corredor junto à cozinha. O quarto da Maria tem agora uma janela extra e o seu quarto e o quarto de hóspedes partilham uma porta para o terraço. Estão previstas mais algumas obras e esperamos ter cinco quartos de hóspedes antes do próximo retiro em janeiro. Como já temos algumas reservas, por favor contacte-nos com antecedência se planeia vir.

Partilhar :

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Manter-se atualizado

Gosta do nosso projeto?

Subscreva a nossa newsletter e receba a revista mensal no seu e-mail

Nunca fazemos spam, também não gostamos.

Mais

Jornal de abril de 2024

Jardim de Nâm Living Esta edição é inspirada no trabalho de paisagismo e nas contribuições de Chris de Waard. Chris ajudou-nos desde o início a reavivar e a dar forma a um pedaço de terra seco e quase perdido que, no entanto, com a dedicação de alguns pioneiros e o apoio visionário de Yoginâm, tinha o potencial de se tornar

Ler mais "

Jornal março de 2024

Viver no Jardim de Nâm Começando com ventos fortes e um pouco de chuva, fevereiro deu os primeiros sinais de uma primavera que se aproxima. À noite e nas primeiras manhãs frescas, o ar ainda é fresco e é necessário um casaco. Durante as meditações e nos quartos de hóspedes, os fogões criam uma atmosfera confortável. Estamos gratos pelo

Ler mais "

Jornal de fevereiro de 2024

Jardim de Nâm Living Embora, em termos astronómicos, o ano novo já tenha começado no dia 21 de dezembro, culturalmente, o ano novo começa com o mês de janeiro. E foi assim suavemente para nós, com apenas um pequeno fogo de artifício ao longe, numa manhã de segunda-feira muito agradável. Passou quase despercebido aqui no Jardim de Nâm

Ler mais "

Jornal janeiro de 2024

Prólogo Na manhã em que estava a escrever e a editar este diário, chegou um novo trabalhador da construção civil. Tinha ouvido falar deste lugar e estava curioso para ver como era a nossa "iglesia", como dizia o seu colega ortodoxo romeno. O homem vinha de Marrocos e ficou impressionado com a simplicidade elegante da nossa sala de meditação. "¿De que religião és? perguntou.

Ler mais "

Manter-se atualizado

Subscreva a nossa newsletter, mantenha-se atualizado sobre os próximos eventos e receba o jornal mensal no seu e-mail.

Nunca fazemos spam, também não gostamos.